quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Porta 10 A - Paços V Sporting 1º Jornada

A convite do grande amigo Pedro Carreira irei fazer a crónica dos jogos do Sporting (tanto a nível doméstico como internacional sempre que puder). O Sporting apresenta grandes mudanças na sua estrutura técnica e desportiva, com um novo treinador, jovem e ambicioso e algumas contratações que me parecem coerentes e que dão garantias de sucesso a meu ver. A saída de João Moutinho para o Porto foi uma das principais surpresas deste defeso, e não me poderia ter deixado mais feliz, visto ser um activo descredibilizado e descapitalizado ao longo dos últimos tempos, junto dos adeptos do Sporting.Em relação ao jogo temos que destacar duas partes completamente distintas, uma primeira parte em que o Sporting massacrou o Paços e que por mera infelicidade não concretizou pelo menos metade das oportunidades criadas que chegaria para levar um resultado seguro para o intervalo. Na segunda parte com a saída de Valdés e a entrada de Vuckcevic o sporting muda de 4-4-2 para 4-3-3, na tentativa de finalmente chegar ao golo, mas acabou por desequilibrar a equipa com tamanho caudal ofensivo (a meu ver injustificado) tendo em conta que o Sporting está dotado de dois laterais que já são de natureza ofensiva, bem como no meio-campo Maniche faz várias incursões á baliza adversária com a sua excelente meia distância como ficou comprovado com o jogo com o Nordsjaelland. Ora isto foi fatal para o Sporting e deu azo a que o Paços começasse a explorar cada vez mais o contra-ataque através das alas, e foi ameaçando até que finalmente acabou por chegar ao golo como já era de prever para quem estava a seguir o jogo. O Sporting ainda teve mais duas ou três oportunidades (a do saleiro flagrante) mas não era mesmo a nossa noite.

Aspectos Negativos no Sporting:
-Demasiada "pressa" nos processos ofensivos, falta de calma e confiança no último terço do terreno para fazer o golo.-Um Liedson "apagado" completamente fora de forma e que a meu ver para já não justifica a titularidade.
-Um treinador com uma mentalidade super ofensiva, a fazer lembrar os treinadores espanhóis, com algumas falhas básicas nos processos defensivos.

Aspectos Positivos no Sporting:
-A frescura física, e a atitude dos jogadores do Sporting (é o dia para a noite em comparação á época passada)
-Um futebol virado para o ataque (que também pode ser um aspecto negativo como eu já referi) mas que os adeptos gostam e é do apanágio do estilo/mística do Ser Sportinguista.
-Hélder Postiga, nem parece o mesmo jogador, espero uma grande época dele, tem tido nitidamente muito azar na hora de finalizar.

4 comentários:

The Little One disse...

Muito bem vindo caro José Carlos!

Boa crónica, eu pelo resumo também acho que o sporting não teve a sorte que o Porto teve no primeiro jogo e essa terá sido a razão para não ter ganho o jogo. Falarei um pouco mais na minha crónica de amanhã.

Quem viu o jogo tem a mesma opinião!?

JNF disse...

Olha, agora é que me surpreendeste. Boa crónica, excelente título.

The Little One disse...

Eheh, tão a ver que vocês até são amiguinhos... :P

camilo disse...

E pronto... uma excelente crónica e depois o Sporting faz o que fez há umas horas.

Assim não há comentador que resista.

I feel your pain.