terça-feira, 31 de agosto de 2010

Porta 10 A - Sporting Vs Brondby 2º mão e Naval Vs Sporting

peço desculpa mas não tive mesmo tempo para vir fazer as crónicas a horas, logo faço já um 2 em 1, até pelas caracteristicas e incidências do jogo serem algo idênticas.
O Sporting conseguiu dar a volta ao jogo na dinamarca (eu nunca acreditei que fosse possível admito) não pela falta de capacidade da equipa mas mais pela falta de capacidade do treinador, que revelou ter sido mais inteligente na abordagem ao jogo do que na 1º mão sem dúvida. O que mudou afinal da 1º mão para a segunda??
Simplesmente a calma que faltava no futebol do Sporting. Não vi pressas em construir o jogo, não vi uma pressão desmesurada no inicio do jogo, basicamente vi um Sporting mais cauteloso e seguro, sabendo que marcando 1 golo na primeira parte tudo seria possível, e foi isso que acabou por acontecer, o que deixou o Brondby nervoso e sem a confiança que espelhava na 1º mão em que o Sporting facilitou-lhes e muito a vida.
Logo quando o trabalho é bem feito (e com um pouco de sorte á mistura é um facto) o Sporting lá conseguiu dar a volta ao resultado e assim passar á fase de grupos da Liga Europa.

O jogo contra a Naval também não foi muito diferente, a abordagem foi a mesma e na minha opinião o que contou mesmo foi o resultado, porque sinceramente nem foi um grande espectáculo de futebol. A Naval tem uma equipa fraquissima, nomeadamente na defesa, tanto no eixo como nas alas, jogadores que mais parecem das distritais, logo o resultado até poderia ter sido mais avultado mas também não havia necessidade disso e o Sporting também não insistiu muito.

Positivo:
-a calma evidenciada nestes dois últimos jogos, basicamente vi um Sporting mais humilde e mais respeitador do adversário.
-a dupla de centrais do Sporting em conjunto com Maniche dão garantias de coesão.

Negativo:
-o ataque. infelizmente não temos um ataque ao nível do Porto, por muito que me custe dizer isto, não temos 1 jogador que tenha a explosão de um Hulk, nem um matador de classe como falcão, logo espero que até ao fecho do mercado o costinha traga alguém que realmente faça a diferença lá na frente, pois só o liedson (a part-time) não chega.

DESTAQUE:RUI PATRÍCIO
-Sinceramente cada vez entendo menos os adeptos Sportinguistas que continuam a marginalizar o rapaz ao longo destas duas épocas quando ele tem sido tudo menos o problema. Se já errou?? claro, quem nunca errou?? mas temos que ter em conta que tem apenas 22 anos e que provavelmente custou ao Sporting OITO EUROS E MEIO, e cada vez se revela mais seguro e dono e senhor do seu lugar, não lhe dou muito mais tempo para ombrear com o Eduardo na luta pela baliza da selecção e posteriormente transferir-se para o estrangeiro, pois além de ter qualidades ainda tem muita margem de progressão e já não é alheio aos tubarões do velho continente.

Banda da semana






Hoje trago-vos a banda de metal mais "underated" de sempre : Death


Formada pelo grande Charles Michael "Chuck" Schuldiner em 1983 em Orlando os Death foram pioneiros no death metal e Chuck foi mesmo um dos primeiros vocalistas a usar um tom de voz grave nas suas musicas. Chuck além de ser um fabuloso musico era também contra o uso de drogas , o uso abusivo de bebidas alcoolicas , amigo dos animais e apesar de ter uma banda de death metal com o nome Death não era "anti-religião". Em 1999 foi-lhe diagnosticado um cancro e a passar por problemas financeiros só com a ajuda do movimento metal conseguiu reunir fundos para a operação(viva o sistema de saude norte americano). Em 2001 e a precisar de uma nova cirurgia contraiu uma pneumonia e faleceu a 13 de Dezembro com 34 anos.

Para sempre fica o seu legado músical e também humano já que quem conviveu com ele de perto diz que era uma excelente pessoa.


Sound + Video

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

3.ª Jornada - Rio Ave 0 F.C.P 2


Mais uma jornada, mais uma vitória. Fantástico inicio de temporada para o Porto. Não vi o jogo por estar privado de SportTv mas do que me deu a perceber pelo resumo e comentários aqui fica a opinião.

Mais uma vez se repetiu o que mais medo me dá, Hulk, mais Hulk, mais Hulk. Mais uma vez digo que não me faz confusão, mas acho que a equipa pode dar muito mais, que o Hulk pode jogar mais que todos os outros mas terão que haver outras soluções e outro esquema. Até ver está a resultar mas acho que vamos passar por algumas dificuldades brevemente. Não estou a ser péssimista, mas é a impressão que me dá.

Destaque para o segundo golo, que jogada, de realçar a inteligência do Varela ao fazer aquele último passe em vez de chutar, muito bem jogado por parte daquele que com quem sou mais crítico na equipa.

Moutinho parece estar a ganhar evidência e Cristian a ganhar ritmo para finalmente ser titular da equipa.

Do que vi nada mais posso dizer.

Obrigado e boa segunda,

The Little One.

Showboat de alta qualidade!

Harry Redknapp strikes again!

Já que se tem falado muito de GK, quanto vale este?


domingo, 29 de agosto de 2010

Sector 17 - 3ª jornada

Hoje aconteceu futebol na Luz.

Finalmente o Benfica voltou às vitórias e com um jogo que mais parecia saido de um filme de Hitchcok. Jorge Jesus resolveu dar a baliza a Júlio César e o lado direito do meio-campo a Sálvio numa equipa de clara tracção 'a frente.
O Benfica iniciou o jogo a pressionar alto (tal como fazia na época passada) e rapidamente inaugurou o marcador num belo centro de Nico Gaitán com conta peso e medida que Cardozo transformou no primeiro golo da partida. Marcar aos 4 minutos deu muita serenidade à equipa e tudo fazia crer que ia ser um jogo tranquilo com o Vitória de Manuel Fernandes (ou Sarilhos) com o meio-campo bem povoado e a tentar explorar a velocidade dos alas para chegar à baliza do Benfica.

O Benfica ia dominando até ao minuto 27 acontece o momento que marca o jogo (e talvez uma época no que respeita a GR): Maxi faz um atraso deficiente para Júlio César que o GR brasileiro nao consegue resolver e "oferece" um penalty aos sadinos que nada tinham feito para justificar o golo. Com a natural expulsão, nada mais havia a fazer do que colocar Roberto em campo sacrificando o estreante Sálvio.

Na marcação da grande penalidade, Roberto adivinha o lado e devolve os 3 pontos que tirou na Madeira. A partir daqui a Luz empolga-se e o Benfica à entrada para o intervalo marca o golo da tranquilidade através de uma cabeçada de Luisão na sequência de um canto do inevitável Aimar. Não havia melhor altura para marcar.

Para a segunda parte Jesus retira o apagado Saviola e coloca em campo Ruben Amorim com o objectivo de equilibrar o meio-campo. Curiosamente o Vitória nunca soube muito bem como aproveitar o facto do Benfica estar reduzido a 10 unidades e a segunda parte foi um descanso que a equipa precisava para se encontrar consigo e com os adeptos, chegando naturalmente ao 3º golo que vem coroar um grande jogo de Aimar.

A verdade é que neste jogo tudo correu bem ao Benfica e esta paragem vai ser muito importante para recuperar definitivamente Roberto e integrar os reforços que espero que cheguem até fechar o mercado. A saber: Hleb e um médio de contenção à imagem de Ramires (Elias talvez).

Destaques positivos:
- Inspiração de Aimar
- Omnipresença de Javi Garcia
- Força de Maxi que não se mostrou afectado com o erro
- Disponibilidade ofensiva de Fábio Coentrão
- O público na Luz. Impecável!

Destaques negativos:
- Erro de Maxi e Júlio César
- Passes falhados de David Luiz
- Pouco tempo de Sálvio em campo

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Futebol Português fica mais rico!

Simão deixa Selecção!

Profissionalismo de levar à lágrima!

Epá tinha visto isto na SportTv e depois nem me lembrei em procurar, agora aproveito que o meu amigo Nuno Dores partilhou no Facebook e aqui fica. Que nível!

Golão!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

360º Look-alike!





video

PS. Look-alike mais ridículo da história dos look-alikes, tenho que deixar de ser parvo!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Sound + Video

Cortesia: JC

Inademissivel, Di Maria não passa a bola a ninguém!

Nothing else to do!? Play pool dunk contest with your mates!

Banda da semana




Todas as 3ª feiras(ou noutro dia qualquer se me esquecer) vou relembrar aqui bandas ou cantores que marcaram gerações , que influenciaram milhões e que ficaram para sempre na memória de muita gente(ou não já que há bandas ou grandes artistas que não são conhecidos do público em geral.)


E como a primeira vez é sempre inesquecivel hoje vou falar de uma banda inesquecivel:

Joey , Dee Dee , Jonnhy e Tommy(Em 1978 entrou Marky para o lugar de Tommy que se tornou o produtor da banda) formaram em Nova York em 1974 a primeira e a maior banda de sempre de punk rock : The Ramones.

O nome Ramones surgiu do pseudonimo que Paul MacCartney usava nos hoteis para não ser reconhecido , Paul Ramon.

Foram influência de practicamente todas as bandas que surgiram em Inglaterra no final dos anos 70( Sex Pistols , The Clash , etc). Jonnhy Ramone é considerado o melhor guitarrista de sempre de punk rock.

18 discos e cerca de 2330 espectaculos depois a banda termina a 6 de Agosto de 1996.

Joey , Dee Dee e Jonnhy faleceram sendo Tommy o unico sobrevivente da formação original da banda.


segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Porto 3 0 Beira Mar

Jogo fácil no Dragão. Porquê? Porque o Porto joga bem, com alegria e consegue por diversas vezes rasgar pela defesa adversária dentro.

Não acho que este Porto esteja muito diferente do ano passado, para ser sincero estava, já neste momento, à espera de algo diferente, mas não me parece que tenha havido necessidade até então. Como disse há pouco tempo este não é o Porto que eu gosto de ver, com um 4x3x3 com varela a titular. A rubrica de hoje vai ser pobre por falta de tempo mas deixo o meu onze.

Helton

Miguel Lopes x Maicon x Rolando x Alvaro Pereira

Hulk x Moutinho x Fernando x Ruben Micael

Falcao x Walter

Como é óbvio este onze ainda nem sequer daria para fazer por causa do Walter, agora da ausência do Hulk, sinceramente não sei se o Miguel Lopes estará disponível.

Há aqui alguns pontos a referir. Miguel Lopes pela aposta num jovem português, tendo em conta a eventual saida de Fucile, mas nunca deixando de tomar atenção a Sapunaru que, a meu ver, evoluiu bastante desde que chegou ao Porto e hoje é um defesa direito razoável.

Maicon, apesar de algumas falhas nos últimos jogos acho que se deve apostar no potencial do atleta, penso que com a Liga Europa e não com a Champions é a época ideal para apostar nalguns jogadores, entre eles, Miguel Lopes, Maicon, Castro e Ukra.

Hulk, para mim é um fenómeno mas acho que nunca o demonstrou. O meu receio inicial é o facto de eu não ver grandes diferenças entre este Porto e o do Jesualdo mas sinceramente não tem havido diferença nenhuma na presença do Hulk, está a chutar mas os princípios têm sido os mesmos, a posição idêntica, enfim, gostava de o ver mais atrás no terreno quando o Porto sai em contra-ataque e mais à frente quando o Porto tem a bola no pé. Espero para ver.

Falcao e Walter, sempre gostei de ver um equipa a jogar com dois pontas de lança e gostaria de ver como se dão os que o Porto tem de momento. Farias e Falcao faziam uma dupla de sonho mas infelizmente nunca ninguém viu isso no Porto.

Varela, é um jogador certinho mas não mais do que isso, é um jogador sem margem de progressão, é um jogador de liga Portuguesa e pouco mais. Acho que é um solução viável para o 4x3x3 na liga portuguesa.

Belluchi, não entraria nas minhas contas iniciais para titular mas tem feito um início de época brilhante. Devo confessar que nunca me encheu o olho, é um optimo jogador mas não acho que seja, por exemplo, um jogador de Champions como era o Lucho ou o Diego. Vai ser bom ver como evolui.

Como prometido aqui fica a antevisão da época do Sporting e do Braga.

Estava optimista com este novo sporting, por o que já disse em comentários aos posts do Zé Carlos. Outra atitude, equipa nova, jogadores que agora sim podem fazer uma época boa e consistente, etc. O que vi ontem, foi mais ou menos o que esperava, que a equipa começa a "tentar" defender melhor, com grandes arrepios no contra-ataque do Marítimo, muita vontade em marcar, algumas desmarcações e um Maniche senhor do meio campo. A questão é a desorganização completa. Acho que falta fio de jogo, acho que falta o Paulo Sérgio deixar de ser Paulo Bento e tirar o Djaló em vez do Vukcevic, enfim, falta muita coisa. Mas continuo a acreditar que têm tudo para fazer uma boa época e para o ano com uma ou outra contratação e a manutenção da maior parte da equipa fazerem uma aposta concreta no campeonato. Resta saber se o Paulo Sérgio estará à altura da situação. Já tive menos dúvidas, esperemos para ver.

Quanto ao Braga, que há a dizer? Nada! Fantástica equipa, treinador muito forte psicológicamente, em grande. Alguma sorte na primeira parte contra o Sevilla mas depois foi a lição que foi na segunda, é preciso ter cabeça e vai um grande aplauso para os Minhotos e para o Domingos. Esperemos que amanhã consigam o que se espera e façam companhia ao Benfica na Champions. A facilidade com que se perde o Evaldo e se vai buscar um defesa esquerdo cheio de potencial é arrepiante. Muito bem.

Zé Carlos tem problemas de "expulsão precoce"

domingo, 22 de agosto de 2010

Skills!

Boneco da semana


Estava aqui a fazer contas à vida e pensava eu que, ao intervalo, o Nacional iria colocar uma clausula de rescisão no Bracali de 17M de euros. Tendo continuado a ver o jogo cheguei à conclusão depois de uma conta de multiplicar que o Bracali vale 425M de euros. Tendo o Roberto custado 8.5M e custando o Bracali 425M, quantas vezes melhor acho eu que o Bracali é tendo como comparação o Roberto.

Mais uma nota: "Espero estar ao nível de Roberto" Leo Franco ao assinar pelo Saragoza. in A BOLA


sábado, 21 de agosto de 2010

Golão do fim-de-semana

Sector 17 - 2ª jornada

Nesta 2ª jornada o Benfica entrou na Choupana em 4-1-3-2, com as saídas de Peixoto e Sidnei para entrarem Luisão e Gaitán que dá, sem sombra de dúvidas, mais habilidade e acutilância ao flanco esquerdo.

O campeão nacional entrou com vontade de marcar cedo, tendo perdido logo nos primeiros minutos uma grande oportunidade por Nico Gaitán num grande centro rasteiro de Maxi Pereira. A partir daqui o Nacional equilibrou o jogo, tentando pressionar alto as saídas do Benfica e espreitando o contra-ataque. De saudar esta atitude que proporcionou uma primeira parte bastante agradável de seguir. Coentrão continua a ser o elemento benfiquista em melhor forma e assistiu de forma perfeita Cardozo que falhou uma mais uma grande oportunidade. Sou um grande fã do ponta de lança paraguaio, mas dá a sensação que ainda estará longe da sua melhor condição fisica. Talvez Jara com a sua garra fosse uma opção mais válida neste momento.

A grande oportunidade da equipa do Nacional foi através de um livre lateral onde Roberto falha a intervenção. Déjà vu do que vinha aí na segunda parte.

No final da primeira parte, Jesus troca os flancos (Gaitán - Amorim) e logo na jogada seguinte, Nico na direita centra de forma perfeita para o cabeceamento de Saviola, ao qual Bracalli responde com uma defesa espantosa! Foi a melhor oportunidade da 1ª parte.

Como devem calcular não tenho grande vontade de escrever sobre o que se passou na 2ª parte. Após uns primeiros 45 minutos colectivamente interessantes, os erros de Roberto conseguiram destruir uma equipa. Se estavam tantos jogadores do ano passado em campo, que Benfica é este? Porque é que Jesus parece tão desmotivado? Porque defende tão mal livres laterais? Porque sofre tantos golos?

Em termos de equipa titular, penso que é altura de dar banco a Aimar e Cardozo, dois jogadores em claro sub-rendimento

Sinceramente, penso que com duas derrotas consecutivas no campeonato (tantas quantas sofreu o ano passado), a revalidação do título será muito complicada.

Não culpo exclusivamente o Guarda-Redes Roberto por esta hecatombe, mas é importante uma mudança da baliza para voltar a dar confiança a uma defesa psicologicamente muito afectada. Para mim o eleito seria o jovem Jan Oblak que tem impressionado nos treinos. SEM MEDO.

Let's Rock!!!


Let's put our thumbs up for this guy!

Let's get electrocuted!

Let's Dance!

Showboat

Com o Hugo Almeida é outra qualidade! :) Grande golo no final!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Porta 10 A - Sporting Vs Brondby 1º mão 0-2


Sendo sportinguista de gema, custa-me bastante escrever uma crónica sobre este jogo, pois após ver ontem este triste espectáculo, a minha vontade era nunca mais falar/recordar o que se passou ontem no estádio José de Alvalade.
Mas penso que é importante referir o que correu mal para que o Sporting saísse vergado perante o Brondby.
Mais uma vez o Paulo Sérgio entrou com uma equipa em campo voltada claramente para o ataque jogando com um extremo bem aberto (Valdés) e com Matias Fernandes a 10, na tentativa de "emprestar" melhores soluções á dupla Liedson/Postiga. Até aqui tudo bem, a ideia até nem soa mal, tendo um super João Pereira (o único jogador que esteve em campo ontem) a fazer todo o corredor direito, dava total liberdade a Matias para passear pelo terreno na procura de espaços abertos e de fazer jogo entre-linhas. Afinal o que falhou aqui?
Eu não me considero nenhum "iluminado" nem tão pouco nenhum "Special One" mas acho que qualquer pessoa com dois palmos de testa e que veja futebol á meia dúzia de dias, sabe que para jogar com 4 homens virados completamente para o ataque, contado com mais dois laterais ofensivos (João Pereira é praticamente um extremo) tem que haver "tampões" no meio-campo.
Ora o Sporting jogou com Maniche e André Santos, nenhum deles é trinco nem nenhum deles é 10, são ambos dois médios-centro que quanto muito emprestam uma boa ajuda a um trinco á semelhança do que Raul Meireles fazia o ano passado no porto a auxiliar Fernando no meio-campo portista. Ou seja, espero estar enganado e também ainda é muito cedo para estar a fazer juízos de valor sobre Paulo Sérgio, mas admito que me custa ver este treinador cometer erros atrás de erros em jogos consecutivos, e de natureza básica.
O Brondby por seu turno, demonstrou ser uma equipa muito bem organizada e muito "matreira", trazendo de casa a lição muito bem estudada e fazendo aquilo que lhe competia, explorar a saída rápida para o ataque sem que houvesse a mínima oposição por parte do Sporting. Os golos acabaram por surgir com alguma naturalidade, pois era óbvio que quando os Dinamarqueses saíam para o contra-ataque (transformavam-se rapidamente num 4-3-3 enquanto defendiam num 4-5-1) conseguiam colocar rapidamente quatro ou cinco elementos no meio-campo adversário através de processos de transição bastante simples, mas que faziam a cabeça em água á defesa/meio-campo do Sporting que ficava muitas vezes apenas com três elementos cá atrás (os dois centrais mais o evaldo). Basicamente aquilo que vi ontem, foi um Sporting inseguro, sem saber o que fazer, oferecendo muita garra e muito empenho mas sem cabeça ou um mínimo de lógica. Matias Fernandes tem talento mas tarda em impor-se no Sporting, Liedson está completamente acomodado ao seu lugar, André Santos não me parece ser jogador para o Sporting (quanto muito é um bom suplente), Vuckcevic fica inexplicavelmente pela segunda vez no banco de suplentes quando ele a par de Djálo foram os melhores elementos da pré-época. O Sporting precisa urgentemente de um Ponta de Lança que dê garantia de golos, pois apesar do jogo de ontem ter sido paupérrimo o Sporting ainda dispôs de alguns lances de perigo mas falta quem converta os "ses" em golos.
Tal como referi no inicio da crónica o destaque vai sem dúvida para o João Pereira, jogador que não se deixou afectar pelo sub-rendimento da equipa, e que ainda parece trazer as ideias de braga onde se tornou o grande jogador que é hoje, a ele o meu agradecimento pelo a exibição de ontem, e pela maneira de estar em campo, em que disputa cada lance como se fosse o último da sua vida.

Trivela de fazer inveja ao Quaresma

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Porta 10 A - Paços V Sporting 1º Jornada

A convite do grande amigo Pedro Carreira irei fazer a crónica dos jogos do Sporting (tanto a nível doméstico como internacional sempre que puder). O Sporting apresenta grandes mudanças na sua estrutura técnica e desportiva, com um novo treinador, jovem e ambicioso e algumas contratações que me parecem coerentes e que dão garantias de sucesso a meu ver. A saída de João Moutinho para o Porto foi uma das principais surpresas deste defeso, e não me poderia ter deixado mais feliz, visto ser um activo descredibilizado e descapitalizado ao longo dos últimos tempos, junto dos adeptos do Sporting.Em relação ao jogo temos que destacar duas partes completamente distintas, uma primeira parte em que o Sporting massacrou o Paços e que por mera infelicidade não concretizou pelo menos metade das oportunidades criadas que chegaria para levar um resultado seguro para o intervalo. Na segunda parte com a saída de Valdés e a entrada de Vuckcevic o sporting muda de 4-4-2 para 4-3-3, na tentativa de finalmente chegar ao golo, mas acabou por desequilibrar a equipa com tamanho caudal ofensivo (a meu ver injustificado) tendo em conta que o Sporting está dotado de dois laterais que já são de natureza ofensiva, bem como no meio-campo Maniche faz várias incursões á baliza adversária com a sua excelente meia distância como ficou comprovado com o jogo com o Nordsjaelland. Ora isto foi fatal para o Sporting e deu azo a que o Paços começasse a explorar cada vez mais o contra-ataque através das alas, e foi ameaçando até que finalmente acabou por chegar ao golo como já era de prever para quem estava a seguir o jogo. O Sporting ainda teve mais duas ou três oportunidades (a do saleiro flagrante) mas não era mesmo a nossa noite.

Aspectos Negativos no Sporting:
-Demasiada "pressa" nos processos ofensivos, falta de calma e confiança no último terço do terreno para fazer o golo.-Um Liedson "apagado" completamente fora de forma e que a meu ver para já não justifica a titularidade.
-Um treinador com uma mentalidade super ofensiva, a fazer lembrar os treinadores espanhóis, com algumas falhas básicas nos processos defensivos.

Aspectos Positivos no Sporting:
-A frescura física, e a atitude dos jogadores do Sporting (é o dia para a noite em comparação á época passada)
-Um futebol virado para o ataque (que também pode ser um aspecto negativo como eu já referi) mas que os adeptos gostam e é do apanágio do estilo/mística do Ser Sportinguista.
-Hélder Postiga, nem parece o mesmo jogador, espero uma grande época dele, tem tido nitidamente muito azar na hora de finalizar.

Ohhhh que fail

by Nuno Dores on Facebook

Dog saves the day

by João Pinto on Facebook

Best look-alike ever!?

E este Braga?

Let's make fun of flash interviews

Wrong side

"Let's pray a bit" celebration, this is a first.

Humor do BOM!!!

Esta é a versão brasileira que tem muito menos tempo que a Americana, já com uns anos valentes. A nova geração do humor brasileiro está em grande e aqui está um bom exemplo de algo que se fará em Portugal, daqui a 70 anos mais coisa menos coisa.


Podem ver os restantes videos no youtube

Roast of Pamela Andersson, isto é humor do "agressivo", penso que seja o formato original, este feito nos Estados Unidos, e este tem piadas muito agressivas. Já há algum tempo que conheço isto e por causa da versão Brasileira lembrei-me de postar. Demora a ver mas vale bastante a pena. Há momentos de pura inspiração insultuosa, acreditem que vale a pena!


Para continuar a ver, carregar em "ler mais"

The greatest team ever!?

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Tive a dar uma vista de olhos pelo America's Got Talent.



Recordar



Isto é um clássico dos clássicos

Sound + Video Back In Action

Mas afinal... !?!?!? Não tou entendendo!

7 de Agosto, Slb x FC Porto (Supertaça)
53': Aimar deveria ter visto o segundo cartão amarelo por jogo perigoso sobre Belluschi?

Paulo Paraty: "O árbitro fez e bem a gestão do jogo.Aimar tinha acabado de ver um cartão amarelo, por isso aceito a decisão do árbitro; teve e tinha de aguardar algumas faltas."

15 de Agosto, Slb x Académica (Primeira Jornada)
50': Addy é bem expulso depois de ver o segundo cartão amarelo no espaço de um minuto?

Paulo Paraty: "Sim. Addy tinha acabado de ver cartão amarelo e comete uma falta que, pela sua imprudência, justifica a acção disciplinar. Muito bem o assistente ao chamar a atenção do árbitro."


in Record


Cortesia: TP

Mais um falhanço daqueles bons...

Di Skills!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Obrigado Juliana

Mais uma vez pelo banner, que sofreu um melhoramento, basta olharem com atenção e dá para ver quem foi adicionado e depois por isto! Muito bom!

BEBE: The Facts


What do we know about Man. United's new star? Here are ten facts about the Reds' latest capture...
1. His full name is Tiago Manuel Dias Ferreira!
2. As a child, he lived a tough life on the streets, growing up in a youth shelter!
3. Before turning pro, he played for a team created by a Portuguese charity!
4. Just five weeks ago, he was with Portugese third division team Estrela da Amadora!
5. At the start of July, he moved on a free to Portuguese Premier League club Vitoria Guimaraes – he played a number of pre-season friendlies for the club!
6. Man. United watched him in the friendlies and decided they had to activate the £7.4 million buy-out clause in his contract!
7. Real Madrid were also interested in signing Bebe before Sir Alex Ferguson pounced!
8. Although he is happiest up front, Bebe can also play on the wings or as a support striker!
9. His main strengths are his height (he’s 6 ft 2 in), his pace and his creativity!
10. Like Wayne Rooney, Bebe is often described as a street footballer, who hasn’t been coached much but has loads of raw skill!

Soccer AM is back!

Jimmy Bullard Bloopers

Soccerette

Skill Skool

Showboat

Happy New Season!

Foi desta forma que começou o Match Of The Day ("Domingo Desportivo" Britânico).

Depois do Heinze...

...foi o Montiglio.

Primeira Jornada - Naval 0 F.C.P 1

Infelizmente, uma vez que estava de férias, não consegui ver o Porto na primeira jornada. Nunca pensei dizer isto uma vez que ficava - já não fico porque já não vejo este tipo de programas - fulo quando Dias Ferreira, Guilherme Aguiar e companhia diziam: Ah e tal, não vi o jogo, mas pelo que me disseram...

Enfim, a palhaçada e falta de profissionalismo que se vê em muitos casos em Portugal, mas pelo menos eu não ganho 1000€ por programa ou or crónica, neste caso.

De facto só vi o resumo e li algumas coisas e do que me deu a entender, corrijam-me se discordarem por favor, não me pareceu que fosse jogo para o Porto perder ou empatar apesar de não ter colocado a intensidade que colocou na Super Taça. Continua a haver um "excesso de Hulk", não que ele não deva intervir, não deva jogar à vontade, não deva tomar as rédias do jogo. Acho que o Hulk é a grande figura do Porto contudo, acho que joga no lugar errado e faz coisas a mais...

Ainda quanto ao jogo pareceu-me justo mas lá está, não vi e pode ser ilusão. Acho que ganhar por um golo de diferença no campo da Naval é bom e para primeiro jogo é perfeito.

Ouvi dizer que Guarín foi o homem do jogo, tenho pena de não ter visto, espero que passe a ser uma solução mais credível este ano. Anseio o regresso de Rúben Micael para o meio campo e ver a equipa a jogar em 4x4x2, coisa que acho que não vai acontecer. Sexta-feira lanço a minha equipa tipo para esta época e antevisão da segunda jornada.

Obrigado e Boa Segunda,

The Little One.

domingo, 15 de agosto de 2010

Sector 17 - 1ª jornada

Esta é a primeira crónica que eu não queria ter de escrever. Mais um ano cumpre-se a malapata do Benfica em não conseguir vencer na 1ª jornada.

O campeão nacional entrou em campo no esquema que tão bons resultados deu na época passada, o 4-1-3-2 mas logo se verificou que o Benfica versão 2010/2011 não demonstrava a mesma a fluidez e o fio de jogo que tinha habituado. Em abono da verdade, Cesár Peixoto e Ruben Amorim não dão as mesmas garantias que Di Maria e Ramires mas não é a única explicação para a fraca exibição da 1ª parte. A Académica demonstrou um grande conhecimento deste Benfica e Jorge Costa montou muito bem a equipa para evitar que o Benfica fizesse as suas transições perigosas.

Para a segunda parte, e a perder por 0-1, Jesus modifica a equipa para o 4-3-3 ou 4-3-2-1 tirando o desastrado Peixoto para meter em campo Franco Jara e assim tentar criar maior perigo junto 'a baliza da Académica.

Com esta mudança táctica e a expulsão de Addy, o Benfica acabou por mostrar melhor futebol e criar mais oportunidades junto da baliza da Académica essencialmente através das subidas de Coentrão pelo corredor esquerdo. O golo do empate surgiu naturalmente através um centro do Caxineiro e Jara pleno de oportunidade, empurrou para o fundo das redes. Daqui para a frente, o Benfica acampou no meio-campo da Académica a tentar chegar ao golo da vitória, com a Briosa a defender da forma mais organizada que podia até que num contra-ataque, Laionel jabulanizou Roberto e calou a Luz.

Crise? Não me parece. Problemas? Claramente. Destaco a falta que fez Di Maria, o abre-latas da época passada e sem substituto à vista.

Destaques positivos: Disponibilidade de Coentrão, Golo de Jara e equilibrio que Javi Garcia dá à equipa.

Destaques negativos: Falta de acerto do passe, principalmente de Peixoto e Aimar, e a exibição sem chama da 1ª parte.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Recordar



Grande sonoro. Isto e' voltar aos anos 80 !

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Super Taça Cândido de Oliveira 2010 - Benfica 0 Porto 2

Como prometido tentarei, veremos até quando, publicar uma crónica aos jogos do Porto durante esta época. Como este foi o primeiro jogo oficial, aqui fica aqui a primeira das, espero eu, muitas crónicas.

Para mim este jogo foi muito simples, decidiu-se na pressão. Na pressão alta do porto e na pressão de não ter corredores por parte do Benfica.
No Porto realço o facto de se ter mantido a estrutura, de ter tentado contratar aqui e ali, apesar de achar que até ver foi tudo muito confuso e pouco sistemático mas espero boas coisas de Walter e James, veremos nos próximos jogos.

Quanto ao jogo a pressão alta do Porto foi o único aspecto que me fez gostar do jogo, uma vez que o 4x3x3 que eu tanto desgosto continua lá, o Varela que em minha opinião é um jogador de campeonato português, e não mais que isso, continua lá, o Hulk continua sem saber bem o que faz em campo e é urgente que comece a saber, para bem de todos, que o talento está lá todo. Helton a capitão não faz sentido, uma vez que de cada vez que houver um problema o nosso capitão tem que fazer 60m até chegar ao árbitro, como aconteceu durante o jogo. Boa pressão, muita vontade e só isso chega para ganhar 90% dos da liga portuguesa, quanto aos restantes 10% e liga Europa é preciso mais que isso, já para não falar dos jogos em que, naturalmente, faltará a pressão e a vontade. Mas isso já é meio caminho andado por agora estou muito satisfeito.

Quanto ao Benfica, a cota parte na derrota também é evidente, uma vez que, não soube dar a volta aos acontecimentos e jogou assustado todo o encontro até ao desespero final de quem tem que fazer um último esforço.
Penso que o problema do Benfica reside nos corredores. Maxi Pereira a fazer muita falta, Ruben Amorim é um excelente 12.º jogador mas como achava quando ele foi para o Benfica não é jogador para fazer a diferença, pela positiva ele não sabe jogar mal e vai fazendo o seu papel. César Peixoto, pois bem, na minha opinião a grande asneirada do Jesus neste jogo, Fábio Coentrão é o melhor lateral esquerdo português dos últimos 20 anos e o que é que ele fez? Colocou-o a ala, big mistake. Não jogou nada, não deu o seu contributo decisivo na defesa nem desequilibrou de trás para a frente como tão bem ele faz. Ramires e Di Maria, pois, são falhas que têm que ser solucionadas se não pela contratação de jogadores semelhantes, pela vertente táctica. Até ver nem uma, nem outra. Este, para mim é o grande desafio do Jesus. Carlos Martins em minha opinião e para quem ainda não sabe não funciona, não tem qualidade para estar numa equipa competitiva, por muito que tenha sido o único a tentar alguma coisa, não decide quando é preciso decidir e isso é um evidência. Aimar não tendo os corredores com talento para jogar com ele vai ver-se numa situação complicada. Quanto a reforços, tal como o Porto, é esperar para ver quem de facto terá arcaboiço para integrar a tempo inteiro o onze do campeão.

Para a semana crónica de início de época para Sporting e Sporting de Braga juntamente com o jogo do Porto para o campeonato.

Boa Segunda e Obrigado.

The Little One.

sábado, 7 de agosto de 2010

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Recordar



Aquela série alternativa...

domingo, 1 de agosto de 2010

Fantasy Premier League 2010 - 2011

Para os interessados, este ano não há Liga Vinnie, mas eu estarei a participar nestas duas ligas e quem se quiser adicionar é mais do que bem vindo!

Códigos:

League - 630553-147416

Head-to-head League - 630553-155463

Gone to SW 2010!

É favor portarem-se bem, divertirem-se e curtirem essas férias! Entretanto o Blog ficará em boas mãos. Sempre que conseguir cá darei o meu salto. Abraço, boas férias e...que venha de lá esse época desportiva!

Jimmy Fallon as Neil Young

Momento de brilhante inspiração humoristica/artistica! Semelhanças brilhantes na imitação de Neil Young pelo gigante Jimmy Fallon e com um resultado fascinante que é ouvir este tema mítico desta forma, em grande mesmo.

Priceless unlucky fail by the one and only, Rodrigo Tiui!

Skills!

Look-alikes Especiais fim-de-semana

Tom Cruise in Tropic Thunder vs Rui Unas by R.C.

Quem conheces as míticas danças de Rui Unas!??! Igual!!!

João Camilo recebe Menção Honrosa no Japão

É igual à tua pessoa Camilo, IGUAL!

Look-alike com um pequeno atraso


De dia 22/07/2010 - David Coulthard vs David Hasselhoff


De 29/07/2010Frodo vs Ole Gunnar Solskjaer

António Feio 1954-2010



Videoclip da Semana